Português   English   Español

Apoie o jornalismo independente!

OAB processa dono da Havan por ofensas contra advogados

OAB processa dono da Havan por ofensas contra advogados
Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia.

O Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) ingressou na terça-feira (15) com uma ação civil pública contra o empresário Luciano Hang.


O dono da rede de lojas varejista Havan está sendo acusando de publicar ofensas em suas redes sociais contra a entidade e seus representados.

Em 4 de janeiro de 2019, Luciano Hang comentou uma manifestação feita pela OAB alertando sobre futuros prejuízos com a extinção da Justiça do Trabalho.

Defensor do fim do tribunal, Luciano Hang se referiu à entidade e aos advogados como “porcos que se acostumaram a viver num chiqueiro” e “bando de abutres” que “só pensam no bolso deles, quanto vão ganhar com a desgraça dos outros”, informou o “Yahoo!“.

A ação civil pública acusa Hang de incentivar “injustamente o descrédito da classe perante a sociedade ao induzir que os advogados seriam “abutres” e se beneficiariam da “desgraça alheia”, quando, na verdade, o advogado é um instrumento essencial à administração da justiça e, por consequência, ao Estado democrático de Direito, valores constitucionalmente protegidos”.

A ação foi protocolada na Justiça Federal de Santa Catarina.

A OAB estipulou o valor da causa em R$ 1 milhão, a título de “justa reparação ao dano extrapatrimonial coletivo perpetrado pelo requerido, sem prejuízo às eventuais pretensões individuais a serem manejadas individualmente”.

Curta e compartilhe...

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on pinterest
Share on reddit
Share on linkedin
Share on vk

Deixe seu comentário...

A RENOVA Mídia não se responsabiliza pelo conteúdo, opiniões e comentários dos visitantes do site. NÃO publique ofensas, discordar não é ofender. Caso encontre algum material com ofensas, denuncie. Lembre-se que ao comentar em nosso portal você concorda com estes Termos de Uso.

Veja também...