Português   English   Español
Português   English   Español

Obama falou o mesmo que Mourão e a grande mídia ignorou

Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia
Frases semelhantes de Obama e Mourão
Obama e Mourão compartilham o mesmo posicionamento sobre famílias sem pai.

Após declarações sobre a instituição familiar, o general da reserva e vice na chapa presidencial do PSL, Hamilton Mourão, tem sido criticado por jornalistas da grande mídia e atacado por presidenciáveis.

Em evento no Secovi, o sindicato do mercado imobiliário de São Paulo, nesta segunda-feira (17), o general declarou:

A partir do momento em que a família é dissociada, surgem os problemas sociais. Atacam eminentemente nas áreas carentes, onde não há pai e avô, mas sim mãe e avó. Por isso, é uma fábrica de elementos desajustados que tendem a ingressar nessas narcoquadrilhas.

O vice do presidenciável Jair Bolsonaro (PSL)  também denunciou um “ataque cerrado à instituição da família”, do qual decorre uma crise de costumes.

Desde então, Mourão tem sido alvo de um ataque sistemático. A presidenciável Marina Silva (Rede) disse que as palavras o general eram uma “afronta”, segundo o Estadão. Ciro Gomes (PDT) também criticou o general durante entrevista no Jornal da Globo.

A jornalista Rachel Sheherazade aproveitou a oportunidade para lacrar com críticas ao general da reserva Hamilton Mourão por causa das declarações.

Outros jornalistas também não ficaram de fora e aproveitaram o embalo para menosprezar as declarações do militar reformado.

No entanto, o posicionamento de Mourão não é novidade no mundo da política. Em 2008, durante discurso no Dia dos Pais, o ex-presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, falou algo bastante semelhante.

De acordo com matéria do jornal New York Times, Obama declarou:

Crianças que crescem sem pai têm cinco vezes mais chances de viver na pobreza e cometer crimes; nove vezes mais chances de abandonar a escola e vinte vezes mais chances de acabar na prisão.

O empreendedor e ativista de direita Leandro Ruschel apontou o comportamento hipócrita da imprensa brasileira em seu perfil no Twitter.

A velha frase utilizada pelas vozes perseguidas por seu posicionamento político nunca foi tão válida: “Não é o que foi dito, mas quem disse”.

Compartilhe...

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Compartilhar no reddit
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email

CANAL TELEGRAM

Acompanhe todas as notícias através do nosso canal no Telegram.

Deixe seu comentário...

A RENOVA Mídia não se responsabiliza pelo conteúdo, opiniões e comentários dos visitantes do site. NÃO publique ofensas, discordar não é ofender. Caso encontre algum material com ofensas, denuncie. Lembre-se que ao comentar em nosso portal você concorda com estes Termos de Uso.

Veja também...