Português   English   Español

Obama falou o mesmo que Mourão e a grande mídia ignorou

Frases semelhantes de Obama e Mourão
Obama e Mourão compartilham o mesmo posicionamento sobre famílias sem pai.

Após declarações sobre a instituição familiar, o general da reserva e vice na chapa presidencial do PSL, Hamilton Mourão, tem sido criticado por jornalistas da grande mídia e atacado por presidenciáveis.

Em evento no Secovi, o sindicato do mercado imobiliário de São Paulo, nesta segunda-feira (17), o general declarou:

A partir do momento em que a família é dissociada, surgem os problemas sociais. Atacam eminentemente nas áreas carentes, onde não há pai e avô, mas sim mãe e avó. Por isso, é uma fábrica de elementos desajustados que tendem a ingressar nessas narcoquadrilhas.

O vice do presidenciável Jair Bolsonaro (PSL)  também denunciou um “ataque cerrado à instituição da família”, do qual decorre uma crise de costumes.

Desde então, Mourão tem sido alvo de um ataque sistemático. A presidenciável Marina Silva (Rede) disse que as palavras o general eram uma “afronta”, segundo o Estadão. Ciro Gomes (PDT) também criticou o general durante entrevista no Jornal da Globo.

A jornalista Rachel Sheherazade aproveitou a oportunidade para lacrar com críticas ao general da reserva Hamilton Mourão por causa das declarações.

Outros jornalistas também não ficaram de fora e aproveitaram o embalo para menosprezar as declarações do militar reformado.

No entanto, o posicionamento de Mourão não é novidade no mundo da política. Em 2008, durante discurso no Dia dos Pais, o ex-presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, falou algo bastante semelhante.

De acordo com matéria do jornal New York Times, Obama declarou:

Crianças que crescem sem pai têm cinco vezes mais chances de viver na pobreza e cometer crimes; nove vezes mais chances de abandonar a escola e vinte vezes mais chances de acabar na prisão.

O empreendedor e ativista de direita Leandro Ruschel apontou o comportamento hipócrita da imprensa brasileira em seu perfil no Twitter.

A velha frase utilizada pelas vozes perseguidas por seu posicionamento político nunca foi tão válida: “Não é o que foi dito, mas quem disse”.

Deixe seu comentário...

Veja também...

Newsletter Renova!

Preencha o formulário para assinar nossa newsletter.

Nome Email
newsletter