PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

Odebrecht pagou quase US$ 60 milhões em propina na Argentina

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

Uma nova documentação mostrou que a construtora brasileira Odebrecht pagou um valor maior de propina do que o previsto na Argentina, revelaram nesta segunda-feira (29/01) os jornais “La Nación” e “El Clarín”.

De acordo com as duas publicações, baseadas em uma nova planilha do peruano José Baraja, o ex-número um da companhia na América Latina, os valores de pagamento indevido no país foram US$ 1,1 milhão superiores ao que se sabia até agora.

A propina foi destinada a três obras no país: a extensão das redes de gás, da planta de AySA, na localidade de Paraná de las Palmas, e para refinaria YPF. A confissão desse valor “extra” foi dada pelo próprio Baraja durante um depoimento no fim de 2016.

Assim, o valor total da propina paga pela Odebrecht no país chegaria aos US$ 59 milhões – e não aos US$ 35 milhões admitidos pela empresa perante à Justiça dos Estados Unidos.

 

Com informações de: [BOL]
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

Encontrou um erro?

Para comunicar um erro de português, de informação ou técnico, preencha o formulário abaixo.