Português   English   Español

Odebrecht recebe multa milionária e fica inabilitada por 10 anos na Colômbia

Odebrecht recebe multa milionária e fica inabilitada por 10 anos na Colômbia
Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia.

O Tribunal Administrativo de Cundimarca, na Colômbia, multou a construtora Odebrecht no valor de 800.000 milhões de pesos – US$ 251 milhões de dólares – por corrupção na construção de uma rodovia no país.


A decisão também proíbe a empresa de firmar contratos com entidades públicas da Colômbia por 10 anos.

A sentença atende pedido do procurador-geral da Colômbia, Fernando Carrillo.

O Ministério Público acusou a construtora de pagar subornos na ordem de 84.000 mihões de pesos (US$ 28,35 milhões) para conseguir o contrato da rodovia Rota do Sol II.

Na decisão, para garantir o pagamento da multa, o tribunal determinou a “apreensão de contas bancárias e dividendos obtidos pelas empresas Concessionária Ruta del Sol S.A.S, Construtora Norberto Odebrecht S.A., Odebrecht Latinvest Colombia S.A.S., Estudos e Projetos do Sol S.A.S.-Episol S.A.S., CCS Costrutores S.A”.

A sentença também extinguiu o contrato da Rota do Sol e proibiu a construtora de celebrar contratos com entidades oficiais pelos próximos dez anos, registra o “Estadão“.

Curta e compartilhe...

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on pinterest
Share on reddit
Share on linkedin
Share on vk

Deixe seu comentário...

A RENOVA Mídia não se responsabiliza pelo conteúdo, opiniões e comentários dos visitantes do site. NÃO publique ofensas, discordar não é ofender. Caso encontre algum material com ofensas, denuncie. Lembre-se que ao comentar em nosso portal você concorda com estes Termos de Uso.

Veja também...