Português   English   Español
Português   English   Español

Odebrecht recebe multa milionária e fica inabilitada por 10 anos na Colômbia

Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia
Odebrecht recebe multa milionária e fica inabilitada por 10 anos na Colômbia

O Tribunal Administrativo de Cundimarca, na Colômbia, multou a construtora Odebrecht no valor de 800.000 milhões de pesos – US$ 251 milhões de dólares – por corrupção na construção de uma rodovia no país.

A decisão também proíbe a empresa de firmar contratos com entidades públicas da Colômbia por 10 anos.

A sentença atende pedido do procurador-geral da Colômbia, Fernando Carrillo.

O Ministério Público acusou a construtora de pagar subornos na ordem de 84.000 mihões de pesos (US$ 28,35 milhões) para conseguir o contrato da rodovia Rota do Sol II.

Na decisão, para garantir o pagamento da multa, o tribunal determinou a “apreensão de contas bancárias e dividendos obtidos pelas empresas Concessionária Ruta del Sol S.A.S, Construtora Norberto Odebrecht S.A., Odebrecht Latinvest Colombia S.A.S., Estudos e Projetos do Sol S.A.S.-Episol S.A.S., CCS Costrutores S.A”.

A sentença também extinguiu o contrato da Rota do Sol e proibiu a construtora de celebrar contratos com entidades oficiais pelos próximos dez anos, registra o “Estadão“.

Compartilhe...

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Compartilhar no reddit
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email

TELEGRAM

Acompanhe todas as notícias através do nosso canal no Telegram.

Newsletter

Inscreva seu email na RENOVA para receber atualizações diárias com as últimas notícias do Brasil e do mundo.

Nome:

Email:

Fique tranquilo(a), assim como você também odiamos spam, você poderá sair quando quiser :)

Comentários_

A RENOVA Mídia não se responsabiliza pelo conteúdo, opiniões e comentários dos visitantes do site. NÃO publique ofensas, discordar não é ofender. Caso encontre algum material com ofensas, denuncie. Lembre-se que ao comentar em nosso portal você concorda com estes Termos de Uso.

Outras Notícias_

Pátria Educadora. Garanta sua vaga!