Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

OEA condena sequestro do presidente interino venezuelano Juan Guaidó

Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia
OEA condena sequestro do presidente interino venezuelano Juan Guaidó

O deputado Juan Guaidó, líder da Assembleia Nacional e autodeclarado presidente interino da Venezuela, foi sequestrado na tarde deste domingo (13) por capangas de Maduro.

O Serviço Bolivariano de Inteligência Nacional (Sebin) prendeu o congressista em uma estrada conectando as cidades de Caracas e La Guaira.

Segundo informações da equipe de Guaidó, o paradeiro do deputado é desconhecido.

Em mensagem no Twitter, o Secretário-geral da Organização dos Estados Americanos (OEA), Luis Almagro, condenou o sequestro do presidente interino da Venezuela.

“Condeno e rejeito o sequestro do Presidente interino da Venezuela, Juan Guaidó. A comunidade internacional deve parar os crimes de Maduro e seus capangas”, escreveu Almagro.

Na sexta-feira (11), após o pronunciamento de Juan Guaidó se declarando presidente interino, o chefe da OEA também celebrou através das redes sociais, conforme noticiou a RENOVA.

Compartilhe

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Compartilhar no reddit
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email