Português  English  Español  Italiano  Français  Deutsch
Português  English  Español  Italiano  Français  Deutsch

Olavo acusa Globo de usar militares para impor ‘agenda antipatriótica’

Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia
Olavo acusa Globo de usar militares para impor ‘agenda antipatriótica’

Filósofo volta a criticar a relação dos militares do alto escalão do governo Bolsonaro com a velha imprensa.

O filósofo Olavo de Carvalho utilizou as redes sociais na tarde desta terça-feira (7) para criticar a suposta influência da emissora Rede Globo no âmbito militar:

“A tentativa de usar o prestígio patriótico das Forças Armadas como instrumento para impor as políticas mais antipatrióticas e antinacionais há de fracassar miseravelmente.”

O escritor também se mostrou esperançoso de que a ação de emissora do falecido Roberto Marinho fracassará:

“O que esse pessoal da Grobo (sic) faz não é jornalismo, é macumba. Por isso mesmo vai funcionar às avessas.”

Logo em seguida, Olavo voltou a tecer críticas contra a relação dos militares com veículos da velha imprensa:

“Se esses militares tivessem UM PINGO de razão e de vergonha na cara, teriam buscado debater comigo de homem para homem em vez de ficar pedindo socorro a entidades notoriamente inimigas da pátria como a Fôia e o Globo.”

Na noite de segunda-feira (6), o escrito já tinha alertado para o comportamento estranho de parte da imprensa, que critica diariamente o presidente da República, Jair Bolsonaro, mas saiu em defesa do general Santos Cruz, como noticiou a RENOVA.

Compartilhe

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Compartilhar no reddit
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email