Português   English   Español

Olavo de Carvalho fala sobre movimento feminista #EleNão

Nesta quarta-feira (26), o filósofo e professor Olavo de Carvalho postou um vídeo em seu canal no Youtube, respondendo à classe artística que aderiu a hashtag #EleNão.

A tag faz parte de um movimento feminista contra o presidenciável Jair Bolsonaro (PSL) que foi impulsionada por membros famosos no meio artístico.

O filósofo Olavo de Carvalho demonstrou indignação por diversos motivos, face aos ataques injustos contra “um homem [Jair Bolsonaro] que não carrega as acusações contra ele proferidas”.

Em outras palavras, o que os artistas de viés esquerdista estão fazendo trata-se de uma campanha de difamação e calúnia.

Com sua conhecida verve humorística, o mestre ridicularizou insultos comuns contra o capitão como “nazista” e “homofóbico”, demonstrando que não passam de palavras vazias.

Entre outros pontos, explicações e verdades que serão duríssimas para a classe artística digerir, ainda expôs com clareza a motivação dos mesmos: o receio do fim da verba pública que os financia.

O candidato Jair Bolsonaro já consolidou seu posicionamento acerta do envio de verba pública para artistas “famosos”. Segundo informações da Renova Mídia, o militar declarou:

Incentivos à cultura permanecerão, mas para artistas talentosos, que estão iniciando suas carreiras e não possuem estrutura. O que acabará são os milhões do dinheiro público financiando “famosos” sob falso argumento de incentivo cultural, mas que só compram apoio! Isso terá fim!

Confira o vídeo:

Adaptado da fonte Terça Livre

Tarciso Morais

Tarciso Morais

Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia

Deixe seu comentário

Veja também...