Português   English   Español

Olavo de Carvalho não apoia o projeto ‘Escola Sem Partido’

Para o professor e filósofo, um dos principais influenciadores da nova direita brasileira, antes de partir para a discussão jurídica seria preciso reunir provas e trazer o tema no âmbito intelectual, cultural e social.

O filósofo Olavo de Carvalho publicou um vídeo na madrugada desta quinta-feira (15) criticando o projeto Escola Sem Partido e deixando claro que não apoia a iniciativa do modo como está sendo conduzida.

Intelectual de grande influência na nova direita brasileira, Carvalho criticou a criação de um projeto de lei para um problema que, segundo ele, a maioria da população não conhece.

Para o professor, é primeiro preciso trazer a discussão do assunto na esfera intelectual, depois na esfera cultural, enfim na social, política e jurídica. Começar pela esfera jurídica, por meio de um projeto de lei, por isso, seria um erro.

Olavo alerta que a iniciativa pode colocar de vítima os algozes do sistema:

Primeiro, é preciso que haja a investigação do fato e a organização da prova de forma científica.

A premeditação [da doutrinação ideológica] está toda nos livros de Antonio Gramsci. Então o ideal seria pegar a estratégia, de um lado, e, do outro, uma série de fatos que comprovam a aplicação sistemática da teoria. Mas se você não tem a prova, e quer fazer um projeto apenas para colocar um cartaz, não vai adiantar nada porque vai expô-lo a pessoas que já estão pré-dispostas contra ele.

 

Adaptado da fonte Boletim da Liberdade

Deixe seu comentário...

Veja também...

Newsletter Renova!

Preencha o formulário para assinar nossa newsletter.

Nome Email
newsletter