Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
- PUBLICIDADE -

OMS elogia ‘abertura’ da China sobre origem da pandemia

Tarciso Morais

Tarciso Morais

OMS rebate Trump ao sair em defesa da China
COMPARTILHE

“Estou muito satisfeito em ouvir uma mensagem muito consistente da China de abertura para tal abordagem”, disse diretor da OMS.

A Organização Mundial da Saúde (OMS) voltou a elogiar, nesta segunda-feira (25), a atuação da China em meio à pandemia de coronavírus.

Michael Ryan, diretor de emergências da OMS, destacou¹ a “abertura” do país asiático em relação a investigações científicas por especialistas estrangeiros a respeito da origem do vírus causador da Covid-19.

Ryan relatou² discussões diárias com especialistas chineses e disse que a entidade, assim como governos de todo o mundo, querem entender a origem do novo coronavírus. 

“Estou muito satisfeito em ouvir uma mensagem muito consistente da China de abertura para tal abordagem”, afirmou Ryan.

China e OMS vêm trocando afagos nos últimos meses enquanto um número cada vez maior de nações vem questionando a atuação da entidade internacional durante a pandemia.

No último domingo (24), Wang Yi, ministro das Relações Exteriores da China, afirmou³ que as nações que “jogam lama” na OMS vão ficar manchadas na história.

Por outro lado, o presidente Donald Trump, dos Estados Unidos, segue apontando a relação de intimidade entre a OMS e a China como um dos principais motivos para a proliferação do coronavírus mundo afora.

Dias atrás, o vice-presidente Mike Pence disse que a China será responsabilizada pela forma como agiu durante o início da pandemia.

“A China será responsabilizada pelo que o mundo passou por causa de sua falta de transparência”, disse Pence.

Referências: [1][2][3]
- PUBLICIDADE -
Error: Embedded data could not be displayed.
TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Compartilhar no reddit
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
VEJA TAMBÉM
Error: Embedded data could not be displayed.