PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

Ondas gravitacionais revelam buracos negros jamais vistos

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Um dos buracos negros identificados tem uma massa equivalente a 142 vezes àquela do Sol.

PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

Em um feito inédito, um grupo de pesquisadores utilizaram detectores Advanced Virgo, do Observatório Gravitacional Europeu (EGO) para descobrir buracos negros de “massa intermediária”.

Os objetos cósmicos foram identificados graças às vibrações e sinais liberados pelas ondas gravitacionais. 

A descoberta foi publicada, nesta quarta-feira (2), nas revistas Physical Review Letters e Astrophysical Journal Letters.   

O buraco negro tem uma massa equivalente a 142 vezes àquela do Sol e nasceu da fusão de dois buracos negros que tinham massa equivalentes a 66 e 85, respectivamente, à massa solar. 

Os físicos identificaram a fusão dos dois objetos cósmicos revelado pelas ondas gravitacionais, nas ondulações do tecido espaço-tempo, produzidas nos momentos finais da fusão.   

O sinal, chamado de GW190521, foi revelado pelos três interferômetros da rede global em 21 de maio de 2019, destaca a revista IstoÉ.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

Encontrou um erro?

Para comunicar um erro de português, de informação ou técnico, preencha o formulário abaixo.