Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

ONGs chateadas com Salles por bloqueios no Twitter

Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia
ONGs chateadas com Salles por bloqueios no Twitter

O ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, tem bloqueado ONGs ambientais e ativistas mais exaltados ligados a essas instituições em sua conta do Twitter.

O Observatório do Clima, rede que reúne entidades da sociedade civil para discutir temas ligados às mudanças climáticas no Brasil, teve a sua conta bloqueada pelo perfil do Twitter administrado pelo próprio ministro.

O coordenador de campanhas do Greenpeace, Nilo D’Avila, também foi bloqueado pelo ministro Ricardo Salles, diz matéria publicada pelo Estadão nesta segunda-feira (4).

Salles confirmou que faz uso com frequência do bloqueio, uma ferramenta bastante utilizada pelos usuários do microblog.

“Sobre [o bloqueio de] pessoas físicas, não sei te dizer [se estão ligadas a ONGs], pois quem escreve ofensas eu bloqueio, mas o perfil desse Observatório [do Clima], sim, eu bloqueei, porque a turma estava tumultuando, ao invés de debater”, disse o ministro.

Por outro lado, o Observatório do Clima diz que “desde que assumiu, Ricardo Salles tem dado uma série de declarações que contradizem os fatos, e o Observatório do Clima passou a fazer checagens dessas declarações. Talvez o escrutínio tenha incomodado o ministro.”

A exemplo do presidente da República, Jair Bolsonaro, o ministro Salles tem utilizado a rede social para divulgar fotos e informações sobre seu governo.

Talvez as ONGs não estejam chateadas unicamente com os bloqueios do ministro nas redes sociais, mas também com a suspensão nos contratos adotada por Salles no início do seu trabalho como titular da pasta do Meio Ambiente, conforme noticiou a RENOVA.

Compartilhe

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Compartilhar no reddit
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email