- PUBLICIDADE -

ONGs recorrem à ONU contra decreto de Doria que proíbe black blocs

ONGs recorrem à ONU contra decreto de Doria que proíbe black blocs
- PUBLICIDADE -

ONGs enviaram nesta quarta-feira (23) um apelo para a ONU e para a CIDH pedindo a reversão do decreto assinado por João Doria que proíbe o uso de máscaras em protestos no Estado de São Paulo.

O texto foi assinado pelas ONGs de direitos humanos Artigo 19, Conectas e Instituto Terra, Trabalho e Cidadania (ITTC), além do Instituto Brasileiro de Ciências Criminais (IBCCRIM). Também subscrevem o Conselho Estadual de Direitos da Pessoa Humana (Condepe) e o Núcleo Especializado em Situação Carcerária da Defensoria Pública de São Paulo.

O apelo enviado às Nações Unidas e Corte Interamericana de Direitos Humanos denuncia o que considera como “abusos” ao direito de manifestação.

Outro signatário do apelo internacional contra o decreto do governador de São Paulo, João Doria, é o Movimento Passe Livre, que costuma utilizar black blocs com frequência na linha de frente dos seus protestos, conforme noticiou a RENOVA.

PUBLICIDADE
- PUBLICIDADE -

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -