Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

ONU condena violência de tropas de Maduro nas fronteiras

ONU condena violência de tropas de Maduro nas fronteiras
COMPARTILHE

A alta comissária das Nações Unidas para os Direitos Humanos, Michelle Bachelet, condenou neste domingo (24) a violência das forças de segurança de Nicolás Maduro e de grupos paramilitares nas regiões de fronteira da Venezuela com a Colômbia e com o Brasil.

A violência registrada nos últimos dias deixou cerca de 300 pessoas feridas e mostraram “cenas deploráveis”, ressaltou Michelle Bachelet em comunicado.

A ex-presidente esquerdista do Chile pediu à ditadura da Venezuela que “deixe de empregar o uso excessivo da força contra manifestantes desarmados e cidadãos comuns”.

A manifestação de Bachelet é a primeira das Nações Unidas de condenação aos atos violentos da ditadura de Nicolás Maduro.

O secretário-geral da organização, o português António Guterrez, ainda se mantém encima do muro, sem nem mesmo qualificar a violência nas fronteiras da Venezuela nos últimos dias.

Semana passada, Gueterrez recebeu o chanceler da Venezuela, Jorge Arreaza, a quem reiterou seguir os princípios de “neutralidade, imparcialidade e independência”, registra a Veja.

PUBLICIDADE

TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Comentários_

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião da RenovaMídia.

Ao comentar você concorda com nossos termos de uso e política de privacidade.

Assinar
Notificar quando
guest
0 Comentários
Feedbacks em linha
Ver todos os comentários