PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

ONU envia diplomata para conversar com o Hamas

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

"O encontro foi ruim, não foi nada positivo”, diz líder político do Hamas.

PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

O grupo terrorista Hamas criticou, nesta segunda-feira (21), a falta de intenção de Israel para aliviar a “crise humanitária” na Palestina.

A denúncia foi feita pelo líder do braço político do Hamas, Yahya Sinwar, depois de se reunir com diplomatas das Nações Unidas (ONU).

O enviado da ONU para o Oriente Médio, Tor Wennesland, chegou hoje com sua equipe à Faixa de Gaza para conversar com dirigentes do Hamas.

A visita do representante das Nações Unidas acontece um mês depois do início do cessar-fogo entre o grupo terrorista e Jerusalém.

Após o encontro, o extremista islâmico Yahya Sinwar declarou:

“O encontro foi ruim, não foi nada positivo. Eles nos ouviram atentamente, mas não há sinais de que haja intenção de resolver a crise humanitária na Faixa de Gaza.”

Por outro lado, a ONU não quis dar declarações após a reunião.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

Encontrou um erro?

Para comunicar um erro de português, de informação ou técnico, preencha o formulário abaixo.