PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

Conselho de Segurança da ONU passa a mão na cabeça da Turquia

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

Em reunião nessa segunda-feira (22/01), o Conselho de Segurança das Nações Unidas evitou condenar ou elaborar uma declaração conjunta sobre a ofensiva lançada pela Turquia contra a minoria curda aliada dos Estados Unidos.

Ao concluir a sessão solicitada de urgência pela França, o embaixador francês na ONU, François Delattre, manifestou sua “viva preocupação ante a situação no norte da Síria com a escalada em curso”.

O embaixador da França aproveitou a reunião para tecer as velhas críticas contra o regime da Síria, que enfrenta há anos uma invasão de jihadistas financiados com dinheiro de potências estrangeiras.

No entanto, a respeito da ofensiva terrestre lançada no sábado (20/01) pela Turquia contra a minoria curda em Afrin, cidade do norte da Síria, François Delattre se limitou a pedir “prudência” a Ancara, tal como havia feito no domingo o chefe da diplomacia de seu país, Jean Yves Le Drian.

Nenhum outro representante de países influentes no Conselho de Segurança se expressou a respeito. A representante americana na ONU, Nikki Haley, não participou da rodada de consultas, assinalou uma fonte próxima ao organismo.

O secretário de Estado americano, Rex Tillerson, compartilhou de Londres o chamado de Delattre, mas o estendeu a “todas as partes” e reconheceu “o legítimo direito da Turquia” de “se proteger”.

A chefe da diplomacia da União Europeia, Federica Mogherini, disse estar “extremamente preocupada” com a operação militar turca, que “poderia minar” um novo ciclo de negociações pela paz na Síria previsto para esta semana em Viena.

Até o momento, mais de 80 curdos, entre civis e militares, já foram vítimas da ofensiva do regime islâmico de Recep Tayyip Erdogan.

Com informações de: [IstoE]
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

Encontrou um erro?

Para comunicar um erro de português, de informação ou técnico, preencha o formulário abaixo.