- PUBLICIDADE -

ONU quer investigação independente sobre mortes na Colômbia

ONU quer investigação independente sobre mortes na Colômbia
- PUBLICIDADE -

Comissária da ONU para Direitos Humanos quer investigação sobre mortes na Colômbia.

Michelle Bachelet, Alta Comissária da ONU para os Direitos Humanos, demonstrou preocupação, neste domingo (30), com as mortes em protestos registrados na cidade de Cali, na Colômbia.

Em um comunicado, Bachelet pediu diálogo e uma investigação independente:

“É essencial que todas as pessoas que supostamente provocaram ferimentos ou mortes, incluindo funcionários do Estado, sejam submetidas a investigações rápidas, eficazes, independentes, imparciais e transparentes, e que os responsáveis respondam à lei.”

Em distúrbios recentes, treze pessoas morreram, incluindo um funcionário do Ministério Público que matou com sua arma dois manifestantes que bloqueavam uma avenida. 

A multidão avançou contra o homem, que foi morto por linchamento.

Ainda no comunicado, a comissária da ONU completou:

“Peço o fim de todas as formas de violência, incluindo o vandalismo, e que todas as partes continuem conversando, para que se garanta o respeito pela vida e a dignidade de todas as pessoas.”

PUBLICIDADE
- PUBLICIDADE -

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -