- PUBLICIDADE -

Onyx anuncia inclusão de 1,2 milhão de pessoas no Bolsa Família

'Colostomia justifica ausência de Bolsonaro nos debates', diz Onyx
Imagem: Vinícius Loures/Agência Câmara
- PUBLICIDADE -

“Com a inserção de mais 1,2 milhão de famílias, teremos cerca de 14 milhões de famílias beneficiadas”, diz Onyx.

O ministro da Cidadania, Onyx Lorenzoni, assinou, nesta sexta-feira (20), uma portaria que estabelece medidas emergenciais para o Bolsa Família por causa da pandemia do novo coronavírus

Entre as medidas está a suspensão, pelo prazo de 120 dias, de bloqueios, suspensão e cancelamentos de benefícios e da averiguação e revisão cadastral.

Segundo o site UOL, Lorenzoni afirmou que 1,2 milhão de famílias foram inscritas no programa e que a fila foi praticamente zerada:

“O Bolsa Família é muito importante para as famílias mais vulneráveis do país. Com a inserção de mais 1,2 milhão de famílias, teremos cerca de 14 milhões de famílias beneficiadas, o maior número da história do programa.”

Confira as últimas notícias do Brasil e do mundo sobre a pandemia de coronavírus:

Nova York fecha comércios não essenciais e proíbe todas as reuniões

Todos os comércios não essenciais do estado de Nova York devem ferrar suas portas a partir de domingo à noite e as reuniões de qualquer quantidade de pessoas estão proibidas, uma tentativa de frear o avanço do coronavírus, anunciou nesta sexta-feira (20/3) o governador Andrew Cuomo.

Poluição pode ter acelerado transmissão de vírus na Itália

A poluição excessiva da região norte da Itália pode ter acelerado a transmissão do novo coronavírus (Sars-CoV-2) no país, mostrou um estudo divulgado pela Sociedade Italiana de Medicina Ambiental (Sima) com as Universidade de Bolonha e Bari.  

Bolívia fecha fronteiras terrestres e aéreas por coronavírus

A Bolívia começou nesta sexta-feira o fechamento gradual de suas fronteiras terrestres e de seu espaço aéreo para conter o avanço do coronavírus, que afeta 16 pessoas no país, enquanto uma região andina tomou a decisão unilateral de declarar a quarentena total, disseram autoridades.

Reino Unido diz que vai bancar até 80% do salário de trabalhadores por coronavírus

O Reino Unido revelou na sexta-feira (20) um pacote de medidas para impedir que o coronavírus devaste a economia britânica, incluindo um esquema radical em que o Estado pagará até 80% dos salários dos empregados.

PUBLICIDADE
- PUBLICIDADE -

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -