Onyx diz que adiamento de Previdência na CCJ não é derrota

Idiomas:

Português   English   Español
Onyx diz que adiamento de Previdência na CCJ não é derrota
TARCISO MORAIS
TARCISO MORAIS
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia.

Questionado se o adiamento foi uma derrota para o governo, Onyx respondeu: “De jeito nenhum”.


O ministro-chefe da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, minimizou nesta quarta-feira (17) o adiamento da votação da reforma da Previdência na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara dos Deputados.

Onyx declarou que o governo precisa de “paciência e resiliência”. Segundo o ministro, “o parlamento tem o seu tempo”.

O deputado Marcelo Freitas (PSL-MG), relator da reforma da Previdência na CCJ da Câmara, negocia o texto do projeto com o Centrão.

Siga a RENOVA no TWITTER e acompanhe todas as notícias em tempo real.

O relatório deve ser alterado. Com isso, a votação que estava prevista para esta quarta-feira (17) foi adiada para a próxima terça-feira (23).

Onyx afirmou que o revés enfrentado pelo governo ao não conseguir votar na CCJ na data prevista é normal e o governo tem de lidar com várias correntes de pensamento.

“Para quem tem vida parlamentar como eu de 20 e tantos anos é normal”, afirmou Onyx, segundo o Poder360.

Curta e compartilhe...

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on pinterest
Share on linkedin
Share on reddit
Share on vk

Deixe seu comentário...

Veja também...