Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

Operação da PF mira desvio de R$ 9 milhões na saúde do Rio

Tarciso Morais

Tarciso Morais

PF faz operação para investigar ameaças a presidenciáveis
COMPARTILHE

Os mandados foram expedidos pela 1ª Vara Federal Criminal do Rio de Janeiro.

A Polícia Federal (PF) deflagrou, nesta quinta-feira (24), a operação “Garrote”, com o objetivo de investigar o desvio de verbas do Sistema Único de Saúde (SUS).

O rombo nos cofres públicos causado pelos desvios é estimado em mais de R$ 9 milhões.

Iniciadas em junho de 2020, as investigações, que contam com apoio do Departamento Nacional de Auditoria do SUS, indicam a contratação fraudulenta de um laboratório, por parte do município de Magé, no Rio de Janeiro, para realização de exames laboratoriais.

Foram identificadas diversas irregularidades no contrato, como o direcionamento da escolha do próprio laboratório, além de fraudes nos processos de chamamento público e nos de execução, ainda de acordo com a PF.

Há, inclusive, indícios da participação de pessoas ligadas à Secretaria Municipal de Saúde e também de um vereador de Magé, que seria o real proprietário do laboratório envolvido no caso, destaca o portal R7.

As autoridades investigam os crimes de dispensa ilegal de licitação, fraude em licitação, peculato, falsidade ideológica e organização criminosa.

- PUBLICIDADE -
TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram