- PUBLICIDADE -

Operação da PF mira desvios de recursos da Saúde no governo do Pará

‘Estou tranquilo’, diz Barbalho após operação da PF
- PUBLICIDADE -

O governador Helder Barbalho (MDB) é investigado, mas não há mandados contra ele.

A Polícia Federal (PF) está cumprindo mandados, na manhã desta terça-feira (29), em uma investigação sobre supostos desvios de recursos da Saúde do governo do Pará

Ao todo, foram expedidos 278 mandados de de buscas e 76 de prisão, 12 deles pelo Superior Tribunal de Justiça (STJ) e 64 pelas Varas de Birigui e Penápolis, cidades do interior de São Paulo

Os nomes dos alvos não foram divulgados.

O governador Helder Barbalho (MDB) é investigado, mas não há mandados contra ele, de acordo com informações da corporação, informa o portal G1.

Em nota à imprensa, o governo do Pará disse apoiar qualquer investigação que busque proteger o dinheiro público.

A investigação mira 12 contratos firmados entre o governo do Pará e organizações sociais para administração de hospitais públicos do Pará, inclusive os hospitais de campanha criados para conter a pandemia de coronavírus

Os contratos sob investigação da PF somam R$ 1,2 bilhão.

Os crimes investigados são fraude em licitações, falsidade ideológica, peculato, corrupção passiva, corrupção ativa, lavagem de dinheiro e organização criminosa.

PUBLICIDADE
- PUBLICIDADE -

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -