- PUBLICIDADE -

Operação da PF mira governador do Amazonas

Operação da PF mira governador do Amazonas
Foto: Divulgação/Governo do Amazonas
- PUBLICIDADE -

PF cumpre 19 mandados de busca e apreensão e 6 de prisão determinados pelo STJ.

A operação “Sangria”, da Polícia Federal (PF), foi deflagrada, nesta quarta-feira (2), contra a alta cúpula do governo do Amazonas por desvios na Saúde. 

Estão sendo cumpridos 25 mandados judiciais expedidos pelo Superior Tribunal de Justiça (STJ). 

Os policiais fizeram, inclusive, busca e apreensão na casa do governador Wilson Lima (PSC), que enfrentará um julgamento de denúncia ainda hoje no STJ.

Os agentes também efetuaram sequestro de bens e valores, que, somados, alcançam a quantia de quase R$ 23 milhões.

As irregularidades envolvem um hospital de campanha, que segundo a PF, não atende às necessidades básicas de assistência de combate à pandemia e ainda coloca os funcionários em risco de contaminação pelo novo coronavírus.

As investigações da PF apontam indícios de que funcionários do alto escalão da Secretaria de Estado de Saúde do Amazonas realizaram contratação fraudulenta para favorecer um grupo de empresários locais.

O esquema teria acontecido sob orientação da cúpula do governo do Estado.

PUBLICIDADE
- PUBLICIDADE -

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -