Operação da PF mira possível lavagem de dinheiro

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Investigados nesta etapa foram identificadas a partir de informações da 1º fase da operação.

A Polícia Federal (PF) deflagrou, nesta quarta-feira (3), uma nova etapa da operação “Egypto”, denominada “Fractais”. 

A 3ª fase da operação tem como objetivo investigar a ocultação de patrimônio que teria sido reunido pelos investigados na primeira fase, “consistindo, assim, em possível crime de lavagem de dinheiro”.

Cerca de 60 agentes da PF cumpriram 13 mandados de busca e apreensão e 7 mandados de prisão temporária nas cidades gaúchas de Novo Hamburgo, Estância Velha e Campo Bom; em São Paulo, no Rio de Janeiro e em Vitória.

De acordo com a PF, também estão sendo cumpridas ordens judiciais visando a apreensão de veículos e o bloqueio de 170 imóveis registrados em nome de investigados e de laranjas.

O valor total estimado desses imóveis é de R$ 80 milhões.

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Newsletter

Receba as principais notícias do dia, assine nossa newsletter gratuita.