- PUBLICIDADE -

Operação Flash Back mira núcleo da facção criminosa PCC

Operação Flash Back mira núcleo da facção criminosa PCC
- PUBLICIDADE -

O objetivo da ação é “isolar os líderes da nova estrutura, que tem como característica a truculência no ‘tribunal do crime’”.

Uma força-tarefa cumpriu 110 mandados de prisão em oito estados do Brasil para combater o principal núcleo da facção criminosa Primeiro Comando da Capital (PCC). 

A operação é feita em conjunto entre os órgãos:

  • Secretaria de Estado da Segurança Pública de Alagoas;
  • Ministério da Justiça e Segurança Pública;
  • Ministério Público do Estado de Alagoas;
  • Batalhão de Operações Especiais (Bope);
  • Secretaria de Ressocialização e Inserção Social (Seris).

As ordens de prisão foram cumpridas em Alagoas, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Paraná, Pernambuco, São Paulo, Tocantins e Sergipe.

O núcleo do PCC é comandado, atualmente, por um homem apelidado de Maré Alta

De acordo com as investigações, ele substitui o fundador e líder da facção, Marcos Willians Camacho, o Marcola, que atualmente está preso na Penitenciária Federal de Porto Velho, em Rondônia.

Segundo o site Metrópoles, o objetivo da ação é “isolar os líderes da nova estrutura, que tem como característica a truculência no ‘tribunal do crime’, com mortes bárbaras pelo Brasil, inclusive em Alagoas, com maiores registros em Maceió e Região Metropolitana”.

PUBLICIDADE
- PUBLICIDADE -

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -