Operação Lava Jato denuncia ex-senador Gim Argello

Lava Jato apurou que parlamentar pediu e aceitou promessa de vantagem indevida no valor de R$ 5 milhões de empreiteira.

A força-tarefa da Operação Lava Jato apresentou uma nova denúncia contra o ex-senador Gim Argello (PTB) por corrupção passiva e lavagem de dinheiro.

A acusação afirma que o ex-parlamentar atuou para obstruir os trabalhos da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) instaurada no Senado e da Comissão Parlamentar Mista de Inquérito (CPMI) no Senado e na Câmara dos Deputados em 2014.

As informações foram divulgadas nesta quarta-feira (25) pelo Ministério Público Federal, no Paraná.

 

Adaptado da fonte Gazeta do Povo
Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia