- PUBLICIDADE -

Opinião de Santos Cruz sobre as redes socais gera controvérsia

Opinião de Santos Cruz sobre as redes socais gera controvérsia
- PUBLICIDADE -

“Essa capacidade de todo mundo se comunicar com todo mundo, isso pode ajudar e pode às vezes tumultuar”, disse o general.

O ministro da Secretaria do Governo, general Carlos Alberto Santos Cruz, concedeu declarações controversas durante uma entrevista à jornalista Vera Magalhães, da Jovem Pan, durante visita a Boston, nos Estados Unidos, no dia 5 de abril.

Você pode conferir a entrevista completa do ministro ao programa “3 em 1” através deste link.

Exatamente um mês após a conversa com Magalhães, depois de um novo capítulo do embate pessoal entre o general e o filósofo Olavo de Carvalho, certos comentários do ministro sobre controle das redes sociais começaram a viralizar na internet.

Logo no início da conversa com a Jovem Pan, o general Santos Cruz faz menção aos benefícios e malefícios das mídias sociais:

“A influência da mídia e, hoje, com as mídias sociais, toda essa capacidade de todo mundo se comunicar com todo mundo, isso pode ajudar e pode às vezes tumultuar.”

O ministro acrescentou:

“Eu tenho a dizer que as pessoas tenham muito cuidado, que não ataquem as outras pessoas, que não façam disso daí uma arma para discórdia, e sim para o Brasil ir pra frente.”

“Você acha que as redes sociais vão continuar sendo um instrumento importante de governo?”, questionou a jornalista Vera Magalhães.

Santos Cruz respondeu:

“Pode até ser um instrumento de governo para divulgação de algumas ideias, de alguns projetos, mas tem que ser utilizada com muito cuidado,para evitar distorções, e que vire arma nas mãos dos grupos radicais, sejam eles de uma ponta ou de outra. Tem de ser disciplinado, até a legislação tem de ser aprimorada, e as pessoas de bom senso têm de atuar mais para chamar as pessoas à consciência de que a gente precisa dialogar mais, e não brigar.”

Em mensagem no Twitter, o apresentador e humorista, Danilo Gentili, demonstrou preocupação com uma parte da “cúpula do governo” do presidente Jair Bolsonaro.

“Depois de anos de um governo q tentou Leis de Controle de Mídia com Franklin Martins e Marco Civil Internet com os baba ovo, ouvir isso é de fudê”, escreveu Gentili.

Pouco tempo depois do alerta de Gentili, o presidente Bolsonaro utilizou o Twitter para dizer que não existe a possibilidade de “regulamentação da mídia” em seu governo.

“Em meu Governo a chama da democracia será mantida sem qualquer regulamentação da mídia, aí incluída as sociais”, afirmou Bolsonaro em tuíte publicado na tarde deste domingo (5).

PUBLICIDADE
- PUBLICIDADE -

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -