Português   English   Español

Apoie o jornalismo independente!

OPINIÃO: O jogo do Vale-Tudo para se obter o Poder

Audiência rotativa.


A cada instante, novas pessoas estão observando a Internet, então o assunto falado tempos atrás, pode ser desconhecido por quem “chegou agora”.

Pensando nesse conceito, abordaremos um fato ocorrido em 1993.

Pelo Bem Comum, pela lealdade ao País, esse assunto poderia (deveria?) ser considerado como de lesa pátria. Traição, na acepção pura da palavra.

Alguns nomes e termos podem ser desconhecidos de uma parte dos leitores, então faremos uma rápida introdução de cada um deles.

Pacto de Princeton é o nome dado ao acordo entre Fernando Henrique Cardoso e Luiz Inácio Lula da Silva para que houvesse alternância de poder entre seus respectivos partidos e, principalmente, da adoção de uma agenda socialista no Brasil.

Fernando Henrique durante seu autoexílio foi professor na Universidade de Princeton, e, em janeiro de 1993, sob a coordenação de Warren Christofer, Secretário de Estado de Bill Clinton, encontrou-se com Lula nas dependências da Universidade.

Ali firmaram um Pacto entre o Foro de São Paulo e The Dialog Interamericano, no qual foram ajustadas algumas estratégias para a América Latina.

Pausa para definições

O que é The Dialog Interamericano

A Inter-American Dialogue é uma ONG de lobby político e econômico sediada nos EUA dentro do continente americano.

The Dialog foi fundado em 1982, por iniciativa do banqueiro David Rockefeller.

Pela definição da Wikipédia, The Dialog aproxima líderes públicos e privados por todas as Américas para debater os problemas dos hemisférios e as oportunidades.

FHC respondia pelo The Dialog Interamericano, grupo ligado ao Partido Democrata norte-americano e marcado pelo Socialismo Fabiano.

O ponto de partida, para o The Dialog, era a certeza de que, com a derrocada da URSS, a esquerda latino-americana teria necessidade de um novo ponto de apoio, principalmente de natureza política.

Por sua vez, The Dialog necessitava uma força com capacidade de mobilização popular, que o PSDB não tinha para dar suporte aos pontos essenciais de seu projeto continental, inclusive porque alguns pontos dependiam da dicotomia teoria + capacidade de mobilização do povo.

Resumo da Ópera

Para The Dialog e principalmente para FHC, a idéia era conseguir que as forças guerrilheiras ligadas ao Foro de São Paulo se transformassem em partidos políticos e passassem a disputar o poder pelo voto e não mais pela guerrilha armada.

Imaginava-se que assim que essas organizações – pouco a pouco – ganhariam as eleições, sempre é claro, com apoio do The Dialog de FHC.

Desta forma, líderes de guerrilha tomariam posse e se manteriam no poder de forma democrática.

A ideia de FHC era convencê-los da vantagem do jogo democrático, usando ações civilizadas para estar no poder. Essas ações seriam estendidas, mesmo depois que grande parte destes terroristas chegassem ao poder.

Por isso a democratização nas investidas para a implementação de ditaduras na América Latina. Ou seja: A democracia no Brasil não existe desde que o PSDB entrou no poder e passou a bandeira para o PT.

É tudo uma farsa para se chegar ao verdadeiro objetivo que é implantar uma ditadura socialista.

O termo “Social Democracia” nada mais é do que uma ideologia de esquerda socialista que usa de ações democráticas para chegar ao poder para mais adiante, implementar uma ditadura socialista.

O que é o Foro de São Paulo

Em 8 de janeiro de 89, em reunião de cúpula do Partido Comunista de Cuba e PT do Brasil, o Foro de São Paulo começou a ser concebido.

Nesta cúpula, ficou estabelecido que, se Lula não ganhasse as eleições em novembro de 89, deveria ser formada uma organização para coordenar toda a esquerda continental e que a liderança do processo caberia a Lula.

Obs.: Collor não tinha surgido ainda no cenário político como atual concorrente ao cargo presidencial.

Fidel já antevia também, nessa reunião, que a URSS iria perder o leste europeu e o comunismo russo estaria fadado a despencar pelo penhasco.

Para Fidel, o Muro de Berlim já estava balançando com o que estava ocorrendo na Polônia, depois da eleição do Papa João Paulo II.

Após a vitória de Collor, um representante da direita, houve uma reunião em julho de 1990 no extinto Hotel Danúbio em São Paulo com a presença 48 entidades das esquerdas continentais para participarem da reunião que fundaria o Foro de SP.

A finalidade, nessa ocasião, era fixar as estratégias para as eleições nos países do continente, que iriam se realizar desde dos fins de 93, no México, até as eleições de inícios de 95, na Argentina, num total de 14 pleitos eleitorais.

Várias reuniões foram realizadas antes em Itaici (sede dos encontros da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB)) com as participações de Lula, Fidel Castro, José Genoíno e Frei Beto.

FHC também se reunia ‘fora da agenda’ com José Dirceu e Gushiken do PT.

Pela definição da Wikipédia, o Foro de São Paulo tem como objetivo aprofundar o debate e procurar avançar com propostas de unidade de ação consensuais na luta anti-imperialista e popular, promover intercâmbios especializados em torno dos problemas econômicos, políticos, sociais e culturais que a esquerda continental enfrenta.

Segundo as palavras do próprio Fidel Castro, “o Foro de São Paulo nasce com o propósito de ser um aparato unificador do comunismo em toda a América Latina.”

Em 1993 Lula esteve com Fidel Castro em Havana, uma semana antes desse encontro em Princeton, nos EUA com o então senador Fernando Henrique Cardoso.

Lula estava acompanhado de José Genoíno e de Frei Beto, e juntos se reuniram com Fidel para realizar um Pacto de Ação Continental. Isto teria ocorrido na última semana de julho de 93.

Na época, tudo indicava que Lula ganharia as eleições de 94 com apoio de FHC conforme acertado por ambos em reunião realizada em Princeton.

Com sua nomeação para o Ministério da Fazenda e o Plano Real, FHC anteviu a possibilidade de se candidatar, deixando Lula a ver navios, mas só decidiu faze-lo, em fevereiro de 94, quando teve certeza do apoio de ACM e do PFL.

Objetivos do Pacto de Princeton

Entre os termos do acordo constavam:

  1. Os fundamentos e objetivos do pacto.
    • Limitar a emigração para os Estados Unidos.
    • Controle populacional e enfraquecimento da Igreja Católica.
      • Aborto
      • Esterilização
      • União homossexual
      • Utilização de contraceptivos
      • Doutrinação de crianças através da educação sexual
      • Enfraquecimento da Igreja Católica – sobretudo com a “evangelização” dos “apóstolos” da Teologia da Libertação -, corrompendo a doutrina, os sacramentos e os sacerdotes, minimizando a presença e a influência deles sobre a população
      • Enfraquecimento dos partidos da “elite”. Denúncias de corrupção.
      • Enfraquecimento das Forças Armadas
      • Guerra assimétrica: A política de dois pesos, duas medidas
      • A participação de revolucionários guerrilheiros nas eleições (isso em linhas gerais. Esses revolucionários ‘abdicariam’ de seus objetivos armados, e, “pacificados” formariam partidos que participariam das eleições)
  2. O pacto estratégico.

No caso em questão o Pacto de Princeton nada mais é do que uma tática política dentro de uma estratégia muito mais antiga e estabelecida a longo prazo.

Com a reunião do The Dialog Interamericano e Foro de São Paulo estavam realmente juntas as correntes socialistas Marxistas e Fabianas, para ajustar uma política comum para o Brasil e a América Latina dentro de objetivos mundiais de mais longo prazo.

Informações Complementares

Fernando Henrique Cardoso é um Socialista Fabiano adepto às teorias de Gramsci.

Vamos a isso:

O que é Socialismo Fabiano

Numa explicação rápida, Socialismo é uma doutrina política e econômica que surgiu no final do século XVIII e se caracteriza pela ideia de transformação da sociedade através da distribuição equilibrada de riquezas e propriedades, diminuindo a distância entre ricos e pobres.

Karl Marx, um dos principais filósofos do movimento, afirmava que o socialismo seria alcançado a partir de uma reforma social, com luta de classes e revolução do proletariado, pois no sistema socialista não deveria haver classes sociais nem propriedade privada.

Na teoria marxista, o socialismo representava a fase intermediária entre o fim do capitalismo e a implantação do comunismo.

Apregoam-se duas maneiras de se atingir o ideal comunista: aqueles que acreditam na imediata imposição do socialismo por meios violentos, com confisco armado das propriedades, das fábricas, e das fazendas, e o assassinato dos burgueses e reacionários que porventura oferecessem resistência e aqueles que defendem uma abordagem mais gradual, não-violenta e não-revolucionária para o mesmo objetivo.  Para estes, a liberdade e a propriedade deveriam ser abolidas pelo voto da maioria. Ou seja: uma via rápida e de confronto e outra, mais lenta e sem grandes conflitos.

O Socialismo Fabiano adota a segunda maneira, mais gradual. Porém contínua.

Quem foi Gramsci

Antonio Gramsci foi um filósofo marxista, jornalista, crítico literário e político italiano. Escreveu sobre teoria política, sociologia, antropologia e linguística. Wikipédia

Gramsci é famoso pela elaboração do conceito de hegemonia e bloco hegemônico.

A classe dominante detém o poder que é garantido fundamentalmente pela “hegemonia” cultural que exerce sobre as dominadas, através do controle do sistema educacional, das instituições religiosas e dos meios de comunicação.

Usando deste controle, as classes dominantes “educam” os dominados para que estes vivam em submissão às primeiras como algo natural e conveniente, inibindo assim sua potencialidade revolucionária.

Assim, por exemplo, em nome da “nação” ou da “pátria”, as classes dominantes criam no povo o sentimento de identificação com elas, de união sagrada com os exploradores, contra um inimigo exterior e a favor de um suposto “destino nacional” de uma sociedade concebida como um todo orgânico desprovido de antagonismos sociais objetivos.

Assim se forma um “bloco hegemónico” que amalgama a todas as classes sociais em torno de um projeto burguês. O poder hegemônico combina e articula a coerção e o consenso.

Na realidade, Gramsci deu as regras para se sistematizar a mendacidade, a falsidade, a hipocrisia.

A partir da “hegemonia” criada por ele, o partido se transforma num poder onipresente e invisível onde todo mundo obedece ao partido sem perceber.

Definidos estes termos, conclui-se que Fernando Henrique Cardoso defende que o socialismo seja implantado paulatinamente através do controle sutil dos anseios da população.

Com aparência de legalidade, surgem milhares e milhares de organizações com os mais variados fins em sua superfície: feministas, ambientalistas, coletivos de advogados, defensores de Direitos Humanos, homossexuais, indigenistas, ativistas de todo tipo.

Junto a estas ONG’s, estão os meios de comunicação que se mobilizam em massa para defender os interesses destas organizações e, portanto, do Foro de São Paulo.

O PACTO DE PRINCETON repercutiu diretamente, não só no cenário político nacional – para a construção de uma atual “democracia das esquerdas” -, como também contribuiu para produzir um ambiente cultural que alimenta e fortalece este nefasto e ambicioso projeto de poder, uma hegemonia SOCIALISTA-COMUNISTA.

Olavo de Carvalho apresenta a teoria de que “um século de liberdade econômica e política [foi] suficiente para tornar alguns capitalistas tão formidavelmente ricos que eles já não querem submeter-se às veleidades do mercado que os enriqueceu.

Querem controlá-lo, e os instrumentos para isso são três: o domínio do Estado, para a implantação das políticas estatizantes necessárias à eternização do oligopólio; o estímulo aos movimentos socialistas e comunistas que invariavelmente favorecem o crescimento do poder estatal; e a arregimentação de um exército de intelectuais que preparem a opinião pública para dizer adeus às liberdades burguesas e entrar alegremente num mundo de repressão onipresente e obsedante (estendendo-se até aos últimos detalhe da vida privada e da linguagem cotidiana), apresentado como um paraíso adornado ao mesmo tempo com a abundância do capitalismo e a ‘justiça social’ do comunismo.

Nesse Mundo Novo, a liberdade econômica indispensável ao funcionamento do sistema é preservada na estrita medida necessária para que possa subsidiar a extinção da liberdade nos domínios político, social, moral, educacional, cultural e religioso”.

Tempo Presente – Junho 2018

Com Lula preso, José Dirceu preso e praticamente toda a cúpula remanescente do encontro com Fidel Castro em 1993 presa ou em vias de sê-lo, a influência do Foro de São Paulo perdeu boa parte do controle que exercia no Brasil.

As eleições pela América Latina com a ascensão de presidentes com viés conservador e/ou de direita, enfraquece dia-a-dia a influência nefasta que o tal Foro exercia. E impunha.

Entretanto – sempre existe um entretanto! -, o Comunismo é desleal, escorregadio, dissimulado.

O Socialismo Fabiano é uma doutrina que não tem prazo final de implantação. Ele age conforme as necessidades e conveniências. É mais ardiloso ainda…

Temos agora um conjunto de fatos interessantes, para dizer o mínimo:

  • A obrigatoriedade do voto impresso foi revogada.
  • Fernando Henrique Cardoso ressurge como conselheiro ‘do bem’ para o País.
  • Dias após a obrigatoriedade de o voto impresso cair, surge uma pesquisa de intenção de votos.
  • Quem estava em terceiro lugar nas pesquisas anteriores, surge como potencial eleita em segundo turno.
  • O grupo ligado a Fernando Henrique Cardoso começa uma tendência de apoio velado à candidata Marina Silva.

E, por acaso do Destino, a candidata Marina Silva é …… (agora é com você: clique no nome dela e descubra).

Fontes:

Os pontos de vista expressos neste artigo são as opiniões do autor e não refletem necessariamente a posição da RENOVA Mídia.

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on pinterest
Share on linkedin
Share on reddit
Share on vk

Deixe seu comentário...

A RENOVA Mídia não se responsabiliza pelo conteúdo, opiniões e comentários dos visitantes do site. NÃO publique ofensas, discordar não é ofender. Caso encontre algum material com ofensas, denuncie. Lembre-se que ao comentar em nosso portal você concorda com estes Termos de Uso.

Veja também...