Português  English  Español

Apoie o jornalismo independente!

OPINIÃO: Se prender o bicho pega, se soltar o bicho come

Português  English  Español

Tem umas coisas no Brasil que são muito chatas e muito na cara, são tão forçadas, que até um inglês veria o que há por trás das boas intenções, são mais escandalosas, que o atentado de 11 de Setembro e brincadeirinha de teoria da conspiração. Dá até nojo ficar ouvindo juristas, artistas, políticos da esquerda e todo tipo de maluco, falando em presunção de inocência no caso do bandidão de São Bernardo do Campo.

É a mesma coisa de querer que o Nardoni seja escolhido como pai do ano, se bem que a mulher dele se não me engano foi solta num dia das crianças, ou que o goleiro Bruno seja escolhido como modelo a ser seguido, se bem que ele foi dar aulas de futebol para meninos, ou que Suzane seja eleita filha do mês, se bem que ela foi solta no dia das mães; Bom vamos a um exemplo mais fácil de entender, afinal o Brasil não é pra amadores.

Acreditar na presunção de inocência do ex-sindicalista, é a mesma coisa de acreditar que Marcola nunca teve nada haver com os ataques do Salve Geral de São Paulo, e que por tanto não é e nunca foi chefe do PCC, ou então acreditar que Fernandinho Beira Mar quando fugiu pela porta da frente de importante departamento de polícia mineiro, pagou propina a policiais do Rio de Janeiro pois Minas tem a melhor polícia do Brasil, portanto incorruptível.

Não amigo, não dá para acreditar em conto de fadas, não da pra fingir que nada aconteceu, existe sim é uma enxurrada de provas, e olha que é apenas o primeiro de muitos processos, não da para acreditar que filhos que não estudaram ou se especializaram em nada fiquem milionários do dia para noite, sem que haja algum trambique, falcatruas, fraudes, não da pra acreditar que um analfabeto, safado, corrupto, chefe de quadrilha e lavador de dinheiro seja a alma mais honesta desse país…

Quanto ao instituto jurídico da Presunção da Inocência, esse é excelente, continua valendo, sempre foi e será um importantíssimo principio do Direito que guarda acima de tudo a dignidade dos homens, dos homens de bem, e não de condenados unanimemente em segunda instancia de tribunal competente.

Os pontos de vista expressos neste artigo são as opiniões do autor e não refletem necessariamente a posição da RENOVA Mídia.

Compartilhe...

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on pinterest
Share on linkedin
Share on reddit
Share on vk

Deixe seu comentário...

A RENOVA Mídia não se responsabiliza pelo conteúdo, opiniões e comentários dos visitantes do site. NÃO publique ofensas, discordar não é ofender. Caso encontre algum material com ofensas, denuncie. Lembre-se que ao comentar em nosso portal você concorda com estes Termos de Uso.