Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
- PUBLICIDADE -

Oposição da Bolívia pressiona por renúncia de Evo Morales

Tarciso Morais

Tarciso Morais

Oposição da Bolívia pressiona por renúncia de Evo Morales
COMPARTILHE

Camacho, um advogado de 40 anos, é o rosto mais visível da oposição após as eleições, embora não tenha sido candidato à presidência.

Luis Fernando Camacho, líder opositor da Bolívia, voltou a La Paz, nesta quarta-feira (6), para entregar uma carta de renúncia ao presidente Evo Morales

“Tenho a esperança de que vamos conseguir nosso objetivo”, declarou Camacho em um vídeo publicado no Facebook.

“Viemos buscar a paz do país, não queremos dividir a Bolívia, queremos uma só Bolívia”, acrescentou ele, demonstrando esperança no “fim dos confrontos”.

O ministro da Defesa, Javier Zavaleta, foi enfático ao dizer que Camacho “pode entregar as cartas que quiser” na Casa de Governo, mas não será recebido por Morales.

A pressão pela renúncia prossegue em protestos espalhados por todo país. Na cidade de Cochabamba, por exemplo, um estudante de 20 anos morreu nesta quarta-feira durante violentos choques entre opositores e partidários do presidente, informa a agência AFP.

- PUBLICIDADE -
TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Compartilhar no reddit
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
VEJA TAMBÉM