Oposição da Venezuela convoca protestos contra fraudulentas eleições

A oposição da Venezuela convocou nesta sexta-feira (4) um protesto para 16 de maio a fim de rechaçar as fraudulentas eleições presidenciais que acontecerão quatro dias depois.

“Convocamos todo o país para uma concentração pacífica para deixar claro o que significam as presidenciais de 20 de maio: que são um processo fraudulento”, disse em entrevista coletiva o deputado Juan Andrés Mejía, em nome da Frente Ampla.

Essa plataforma, que agrupa a coalizão de partidos Mesa da Unidade Democrática (MUD), sindicatos, chavistas dissidentes e organizações sociais, também tem prevista a realização de assembleias cidadãs na próxima semana.

O grupo prometeu manter as manifestações após a eleição que, na contramão da MUD, será disputada pelo opositor Henri Falcón.

Após os protestos opositores de 2017 que deixaram 125 mortos, as mais recentes convocações da Frente Ampla se caracterizaram por uma baixa participação, em um momento em que a oposição está dividida.

Na quinta-feira, a MUD defendeu a abstenção e pediu que Falcón retire a sua candidatura.

 

Com informações da: [IstoÉ]
Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia