Oposição na Venezuela apela ao Exército para conter o ditador Maduro

Português   English   Español
Oposição na Venezuela apela ao Exército para conter o ditador Maduro
TARCISO MORAIS
TARCISO MORAIS
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia

A Assembleia Nacional da Venezuela, dominada pela oposição, elegeu neste sábado (5) seu novo presidente, Juan Guaidó, do partido Vontade Popular.

A legenda é liderada pelo político Leopoldo López, em prisão domiciliar.

Juan Guaidó declarou como “ilegítimo” o mandatário e considerou “quebrada e usurpada a cadeia de comando” nas Forças Armadas —principal sustentação de Maduro—, a quem pediu para que apoiem os esforços para “restabelecer a democracia” no país.

A deputada Delsa Solórzano negou depois que o pedido de apoio às Forças Armadas seja para “dar um golpe de Estado”, informa o “El País“.

O ditador Nicolás Maduro assumirá na quinta-feira seu segundo mandato de seis anos como “presidente” da República Bolivariana.

A investidura de Maduro já foi vetada na sexta-feira (4) pelas principais nações da América Latina. Reunidos na capital do Peru, o Grupo de Lima não reconhecerá o novo mandato de Maduro.

Em seu discurso inaugural, Guaidó se comprometeu a “gerar as condições para um Governo de transição”, e convocar “eleições livres”.

SIGA A RENOVA

Compartilhe...

Share on whatsapp
Share on google
Share on pinterest
Share on linkedin
Share on email

Deixe seu comentário...

Veja também...