- PUBLICIDADE -

Opositor diz que ataque contra Nicolás Maduro foi forjado

- PUBLICIDADE -

Julio Borges disse que o atentado foi uma montagem da ditadura venezuelana. Por outro lado, ele foi acusado por Caracas de planejar o suposto ataque.

O ex-presidente do Parlamento venezuelano, Julio Borges, denunciou como “farsa” o suposto atentado com drones carregados com explosivos contra o ditador.

O político, que está exilado na Colômbia, foi acusado pela ditadura da Venezuela de ser um dos envolvidos no planejamento do ataque.

Julio Borges declarou:

Nenhum país no mundo acredita nessa farsa de atentado. Todos sabemos que é uma montagem para perseguir e condenar quem se opõe à ditadura.

Mais cedo, Maduro utilizou da cadeia de rádio e televisão da Venezuela para acusar o opositor exilado.

‘Todas as declarações (dos seis detidos como supostos ‘autores materiais’ do ataque) apontam para Julio Borges, que vive em uma mansão em Bogotá amparado pelo governo colombiano’, declarou o ditador.

 

Adaptado da fonte Estadão
PUBLICIDADE
- PUBLICIDADE -

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -