Opositor diz que ataque contra Nicolás Maduro foi forjado

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Julio Borges disse que o atentado foi uma montagem da ditadura venezuelana. Por outro lado, ele foi acusado por Caracas de planejar o suposto ataque.

O ex-presidente do Parlamento venezuelano, Julio Borges, denunciou como “farsa” o suposto atentado com drones carregados com explosivos contra o ditador.

O político, que está exilado na Colômbia, foi acusado pela ditadura da Venezuela de ser um dos envolvidos no planejamento do ataque.

Julio Borges declarou:

Nenhum país no mundo acredita nessa farsa de atentado. Todos sabemos que é uma montagem para perseguir e condenar quem se opõe à ditadura.

Mais cedo, Maduro utilizou da cadeia de rádio e televisão da Venezuela para acusar o opositor exilado.

‘Todas as declarações (dos seis detidos como supostos ‘autores materiais’ do ataque) apontam para Julio Borges, que vive em uma mansão em Bogotá amparado pelo governo colombiano’, declarou o ditador.

 

Adaptado da fonte Estadão

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Newsletter

Receba as principais notícias do dia, assine nossa newsletter gratuita.