- PUBLICIDADE -

Opositores de Maduro confirmam convocação de greve

- PUBLICIDADE -

O líder opositor venezuelano Andrés Velásquez confirmou neste domingo (19) uma greve para esta terça-feira (21).

A paralisação foi convocada pelos partidos Causa Radical, Primeiro Justiça e Vontade Popular para protestar contra as medidas econômicas anunciadas pelo ditador Nicolás Maduro.

Andrés Velásquez declarou:

Estamos falando de uma greve por tempo definido, na terça-feira. É um primeiro passo de uma agenda de luta que certamente vai ter outras interrupções.

Em entrevista coletiva, ele também disse que a convocação também visa unificar a “luta do povo na sua base e dar uma direção política ao protesto” porque não há gás, água, transporte, remédios nem alimentos.

O opositor da ditadura da Venezuela acrescentou:

As medidas anunciadas na sexta-feira passada não são nenhum plano de recuperação econômica para o país. Pelo contrário, o que representa para o povo venezuelano é mais fome, é mais ruína, mais pobreza, mais sofrimento, mais dor, mais inflação.

O dirigente considerou uma “piada” Maduro ter decretado feriado na segunda-feira, quando entrará em vigor a reconversão monetária com a qual serão eliminados cinco zeros da moeda e o bolívar passará a ter o sobrenome “soberano”.

 

Adaptado da fonte EFE
PUBLICIDADE
- PUBLICIDADE -

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -