Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

Orbán toma posse na Hungria e promete restringir ação de Soros no país

COMPARTILHE

O conservador Viktor Orbán tomou posse nesta quinta-feira (10) pela terceira vez seguida para o cargo de primeiro-ministro da Hungria.

O premiê húngaro conta com o apoio da grande maioria no parlamento, feito obtido através de vitória arrasadora do seu partido nas eleições de 8 de abril.

O parlamento húngaro deve anunciar amanhã o novo governo de Orbán com dez ministérios, que será o quarto que ele dirige, já que entre 1998 e 2002 também liderou o país como chefe de um Executivo liberal.

Viktor Orbán, de 54 anos, já adiantou que os primeiros passos do novo parlamento serão a aprovação de uma emenda constitucional contra o sistema de cota de refugiados imposto pela União Europeia (UE) e uma reforma legislativa para limitar o funcionamento das ONGs que apoiam os imigrantes, principalmente as financiadas pelo globalista George Soros.

Premiê da Hungria vai avançar projeto de lei anti-Soros

De acordo com informações do BOL:

Essas leis preveem, entre outros aspectos, impostos extraordinários de 25% sobre as ONGs e a restrição da atuação, tanto de forma profissional quanto geográfica, ao impor limitações de acesso a áreas onde há imigrantes.

O primeiro-ministro antecipou que um dos pontos desta legislatura será a defesa da “cultura cristã”, após uma campanha eleitoral na qual fez das críticas à imigração um dos seus grandes temas, apesar de ser um fenômeno muito limitado no país de quase 10 milhões de habitantes.

 

PUBLICIDADE

TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Comentários_

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião da RenovaMídia.

Ao comentar você concorda com nossos termos de uso e política de privacidade.

Assinar
Notificar quando
guest
0 Comentários
Feedbacks em linha
Ver todos os comentários