Chefes de guerrilha procurados por recrutamento de menores na Colômbia

Português   English   Español
TARCISO MORAIS
TARCISO MORAIS
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia.

A Promotoria da Colômbia revelou neste domingo (12) que foram emitidas ordens de captura contra os integrantes da direção da guerrilha Exército de Libertação Nacional (ELN) e 11 comandantes, pelo recrutamento de 121 menores.

Juízes das cidades de Cúcuta e Arauca, na divisa com a Venezuela, Popayán (sudoeste), Pasto (fronteiriça com o Equador) e Quibdó (noroeste) ordenaram as capturas em fevereiro e julho.

“Cinco integrantes do denominado Comando Central do ELN (Coce) e outros 11 comandantes das frentes de guerra deverão responder pelo recrutamento”, informou a promotoria.

O órgão detalhou que a captura do chefe rebelde conhecido como Pablo Beltrán está suspensa devido às negociações por um acordo de paz que os rebeldes iniciaram em 2017.

A diretora da unidade especial de investigação, Martha Mancera, indicou que foram detectados “121 recrutamentos ilícitos”, de 49 meninas e 72 meninos.

O presidente colombiano, Iván Duque, advertiu que serão adotadas ações contundentes contra os armados caso essa prática continue, assim como a do sequestro.

Adaptado da fonte AFP
SIGA A RENOVA

Compartilhe...

Share on whatsapp
Share on google
Share on pinterest
Share on linkedin
Share on email

Deixe seu comentário...

Veja também...