Português   English   Español

Ordem de Moro sobre prisão de Lula pegou PT de surpresa

Partido dos Trabalhadores (PT) preparava vigília para o final da tarde desta sexta-feira (06).

A decretação da prisão do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva atropelou toda a organização do Partido dos Trabalhadores (PT). O partido vinha planejando um ato para o momento da detenção do petista. A ideia era que o condenado se entregasse diante de um grande número de simpatizantes.

De acordo com informações do jornal O Globo:

Para isso, estava sendo organizada uma vigília em São Bernardo do Campo, mas o início da manifestação foi marcado para as 18h de sexta-feira. O juiz Sergio Moro fixou prazo limite para uma hora mais cedo: Lula terá de se entregar à PF em Curitiba (PR) até as 17h de sexta.

Seria no início dessa vigília que Lula falaria publicamente pela primeira vez sobre a decisão do Supremo Tribunal Federal (STF), que ontem à noite negou seu pedido de habeas corpus, que evitaria a prisão.

A militância mudou os planos e já estão se dirigindo para o Sindicato dos Metalúrgicos do ABC na cidade de São Bernardo do Campo.

Deixe seu comentário

Veja também...

Newsletter Renova!

Preencha o formulário para assinar nossa newsletter.

Nome Email
newsletter