PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

Ordem de prisão contra Kirchner é anulada na Argentina

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

Vice-presidente responde a vários processos de corrupção, mas tem foro especial.

A Justiça da Argentina anulou, nesta segunda-feira (10), a última ordem de prisão contra a vice-presidente Cristina Kirchner

A ex-presidente corria risco de ser detida por conta da investigação dos “cadernos da corrupção”, que apura supostos subornos milionários pela concessão de obras públicas.

Embora a detenção preventiva de Kirchner tenha sido decretada em cinco processos, elas não foram executadas devido às prerrogativas de seus cargos, primeiro de senadora e agora de vice-presidente.

Há pelo menos oito figuras do primeiro escalão de governos kirchneristas anteriores que respondem a processos por corrupção, lavagem de dinheiro e formação de quadrilha.

Cristina ainda responde a outros sete processos, a maioria por acusações de corrupção, os quais ela atribui a uma perseguição política, informou uma fonte judicial à agência France-Presse.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

Encontrou um erro?

Para comunicar um erro de português, de informação ou técnico, preencha o formulário abaixo.