Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

Ordem de prisão contra Kirchner é anulada na Argentina

Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia

Vice-presidente responde a vários processos de corrupção, mas tem foro especial.

A Justiça da Argentina anulou, nesta segunda-feira (10), a última ordem de prisão contra a vice-presidente Cristina Kirchner

A ex-presidente corria risco de ser detida por conta da investigação dos “cadernos da corrupção”, que apura supostos subornos milionários pela concessão de obras públicas.

Embora a detenção preventiva de Kirchner tenha sido decretada em cinco processos, elas não foram executadas devido às prerrogativas de seus cargos, primeiro de senadora e agora de vice-presidente.

Há pelo menos oito figuras do primeiro escalão de governos kirchneristas anteriores que respondem a processos por corrupção, lavagem de dinheiro e formação de quadrilha.

Cristina ainda responde a outros sete processos, a maioria por acusações de corrupção, os quais ela atribui a uma perseguição política, informou uma fonte judicial à agência France-Presse.

Compartilhe

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Compartilhar no reddit
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email

Comentários

A RENOVA Mídia não se responsabiliza pelo conteúdo, opiniões e comentários dos visitantes do site. NÃO publique ofensas, discordar não é ofender. Caso encontre algum material com ofensas, denuncie. Lembre-se que ao comentar em nosso portal você concorda com estes Termos de Uso.

Outras Notícias