Ortega manda prender modelo que seria candidata na Nicarágua

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Ditadura de Ortega manda prender modelo que seria candidata na Nicarágua

A ditadura da Nicarágua continua eliminando da disputa presidencial alguns dos principais adversários do regime de Daniel Ortega.

A mais nova vítima de perseguição política é a modelo Berenice Quezada, de 27 anos, que venceu o concurso de miss Nicarágua no ano de 2017.

Quezada, que se apresentava como pré-candidata à vice-presidência do país, foi classificada como “terrorista” pelo regime.

A ex-miss foi colocada em prisão domiciliar e está inabilitada para disputar as eleições.

Quezada integraria uma chapa lançada na semana passada por Óscar Sobalvarro, de 60 anos, que comandou a luta armada contra os sandinistas na década de 1980.

A possível chapa presidencial surpreendeu o povo da Nicarágua, movimentando o noticiário político nos últimos dias — e, consequentemente, despertando a ira da ditadura.

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Newsletter

Receba as principais notícias do dia, assine nossa newsletter gratuita.