Português  English  Español  Italiano  Français  Deutsch
Português  English  Español  Italiano  Français  Deutsch

Os 50 milhões de apartamentos vazios na China

Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia
Os 50 milhões de apartamentos vazios na China

O mantra do líder comunista da China, Xi Jinping, de que as casas são feitas para morar parece estar encontrando ouvidos surdos, diante das dezenas de milhões de residências desocupadas pelo país.

Uma pesquisa a ser divulgada em breve vai revelar que cerca de 22% das casas e apartamentos urbanos na China estão desocupados, segundo o professor Gan Li, que encabeça o principal estudo nacional sobre o assunto.

O número representa mais de 50 milhões de imóveis vazios. Isso seria suficiente para abrigar quase toda a população do Brasil, se cada apartamento vazio receber quatro pessoas.

O cenário de pesadelo para as autoridade chinesas é que os donos das propriedades desocupadas possam derrubar os preços se correrem para vendê-las no caso de que comecem a aparecer rachaduras no mercado de imóveis.

Os dados mais recentes, de uma pesquisa de 2017, também indicam que os esforços de Pequim para coibir a especulação imobiliária — considerada pelas autoridades como uma grande ameaça à estabilidade financeira e social — não vêm sendo suficientes.

 

Adaptado da fonte Valor

Compartilhe

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Compartilhar no reddit
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email