Português  English  Español

Apoie o jornalismo independente!

Outra esquerdista abandona Conselho após saída de Szabó

Outra esquerdista abandona Conselho após exoneração de Szabó
Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia.

Após a exoneração de Ilona Szabó, o Conselho Nacional de Política Penitenciária perderá mais uma integrante.

A promotora Mônica Barroso Costa pediu exoneração do Conselho Nacional de Política Penitenciária nesta quinta-feira (28), último dia do mês de fevereiro.

Mônica havia sido reconduzida ao cargo de suplente no Conselho Nacional de Política Criminal e Penitenciária — para mandato de dois anos, pelo ministro da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro, em portaria publicada no Diário Oficial da União, na última terça-feira (26).

O mandato de Mônica iria até 2020. Segundo a Folha, ela já queria sair, mas antecipou a decisão para esta quinta-feira (28).

Assim como aconteceu com Ilona Szabó, a nomeação da promotora de viés esquerdista pelo ministro da Justiça também foi alvo de críticas da base governista redes sociais.

Em suas redes sociais, Mônica já fez publicações contra a reforma trabalhista e contra Jair Bolsonaro durante a época de campanha eleitoral.

Além disse, ela já criticou o processo de impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff, e defendeu o ex-presidente Lula da Silva, ao levantar a tese de que ambos os casos serviriam para “roubar” o pré-sal, como citou o MBL News.

O especialista em Segurança, Bene Barbosa, alertou para a nomeação da ativista de esquerda para um cargo em Conselho do governo Bolsonaro.

Ontem, o presidente do Fórum Brasileiro de Segurança Pública, Renato Sérgio de Lima, também pediu sua exoneração do Conselho Nacional de Segurança Pública e Defesa Social.

O ofício foi enviado ao ministro Sergio Moro pouco depois da revogação da nomeação da ativista Szabó para o mesmo órgão, como noticiou a RENOVA.

Compartilhe...

Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram
Share on linkedin
LinkedIn

Deixe seu comentário...

A RENOVA Mídia não se responsabiliza pelo conteúdo, opiniões e comentários dos visitantes do site. NÃO publique ofensas, discordar não é ofender. Caso encontre algum material com ofensas, denuncie. Lembre-se que ao comentar em nosso portal você concorda com estes Termos de Uso.

Veja também...