Português  English  Español  Español
Português  English  Español  Español

Confeiteiro cristão vence batalha na Suprema Corte dos EUA

Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia
Foto; REUTERS/Rick Wilking

Por 7 votos a 2, a Suprema Corte dos Estados Unidos confirmou a vitória de um confeiteiro cristão do Colorado que, por razões religiosas, se recusou a fazer um bolo de casamento para um casal gay.

Os juízes acusaram a Comissão de Direitos Civis do Colorado de demonstrar um comportamento hostil à religião. A comissão teria violado os direitos religiosos do confeiteiro Jack Phillips sob a Primeira Emenda da Constituição dos EUA.

A comissão tinha acusado Phillips de violar a lei antidiscriminação do Colorado, que proíbe empresas de recusar serviços baseados em raça, sexo, estado civil ou orientação sexual, ao rejeitar o pedido do casal gay David Mullins e Charlie Craig em 2012.

David Mullins and Charlie Craig em foto no Colorado, EUA / Foto: REUTERS/Rick Wilking

O tribunal, no entanto, não emitiu uma decisão definitiva sobre as circunstâncias em que as pessoas podem pedir isenções de leis anti-discriminação baseadas em suas opiniões religiosas.

 

Traduzida e adaptada de Reuters

Compartilhe

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Compartilhar no reddit
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email

Comentários

A RENOVA Mídia não se responsabiliza pelo conteúdo, opiniões e comentários dos visitantes do site. NÃO publique ofensas, discordar não é ofender. Caso encontre algum material com ofensas, denuncie. Lembre-se que ao comentar em nosso portal você concorda com estes Termos de Uso.

Outras Notícias