Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
- PUBLICIDADE -

Padre denunciado por ‘LGBTfobia’ durante missa em Recife

Tarciso Morais

Tarciso Morais

Padre denunciado por 'LGBTfobia' durante missa em Recife
COMPARTILHE

Ministério Público abriu inquérito para investigar padre após denúncia de “LGBTfobia” durante cerimônia religiosa.

O Ministério Público de Pernambuco (MPPE) abriu um inquérito civil para investigar um padre que está sendo acusado de praticar “LGBTfobia” durante uma missa, no Recife.

O alvo da investigação é o padre Rodrigo Alves de Oliveira Arruda, vigário na Paróquia Nossa Senhora do Rosário, na Zona Oeste da capital de Pernambuco.

O religioso teria classificado como “ativismo judicial” a criminalização dos casos de violência contra a comunidade LGBT, aprovada pelo Supremo Tribunal Federal (STF), em junho deste ano.

O promotor Maxwell Anderson de Lucena Vignoli, da 7ª Promotoria de Justiça de Defesa da Cidadania do Recife, aponta que o inquérito tem como objetivo apurar as circunstâncias “de possíveis violações dos direitos da população LGBT”.

A assessoria de comunicação da Arquidiocese de Olinda e Recife disse não concordar com as declarações do padre e informou que el não faz parte dos quadros da instituição, sendo pertencente à Congregação do Sagrado Coração, informa o portal G1.

- PUBLICIDADE -
TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Compartilhar no reddit
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
VEJA TAMBÉM