- PUBLICIDADE -

Pagamento de Queiroz a hospital em espécie foi comunicado à Receita

Pagamento de Queiroz a hospital em espécie foi comunicado à Receita
- PUBLICIDADE -

O advogado de Queiroz disse que o dinheiro fazia parte de uma reserva financeira que tinha como objetivo amortizar uma dívida imobiliária.

O pagamento em dinheiro vivo feito pelo ex-PM Fabrício Queiroz ao Hospital Israelita Albert Einstein, em São Paulo, foi comunicado à Receita Federal.

Ex-assessor do senador Flávio Bolsonaro (PSL-RJ), Queiroz desembolsou R$ 133,6 mil em espécie para quitar seu tratamento contra um câncer no hospital.

A comunicação à Receita cumpre determinação do governo federal, que exige ser informado sobre todas as operações realizadas em espécie acima de R$ 30 mil.

Segundo informações de Paulo Klein, advogado que defende Queiroz, o ex-PM pagou em espécie R$ 64,6 mil ao Albert Einstein pelos serviços hospitalares, R$ 60 mil à equipe médica e R$ 9 mil ao oncologista. O hospital recebeu também R$ 5.400 por cartão de crédito, informa a Folha.

O advogado afirma que o pagamento está dentro da capacidade financeira da família de Queiroz que, somada, tem uma renda anual de R$ 500 mil, segundo ele.

PUBLICIDADE
- PUBLICIDADE -

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -