PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

Páginas pró-LGTB são censuradas na China

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Grupos chineses dos direitos LGTB são bloqueados nas redes sociais.

PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

Várias contas de grupos de estudantes da China a favor da agenda LGBT e do feminismo foram censuradas no aplicativo WeChat.

Entre as páginas censuradas estão a “Gay Pride”, da Universidade de Ciência e Tecnologia de Huazhong, e a “ColorsWorld”, da Universidade de Pequim.

Ao tentar acessar os grupos, os usuários recebem uma mensagem informando que “o conteúdo foi bloqueado, e o uso da conta foi suspenso“.

Sem dar detalhes, a mensagem afirma que o WeChat recebeu “reclamações relevantes” sobre as páginas.

A informação foi divulgada, nesta quarta- feira (7), pela agência France-Presse.

Embora a China tenha descriminalizado a homossexualidade em 1997, o casamento entre pessoas do mesmo sexo é ilegal, e temas relacionados com a comunidade LGBT são considerados delicados.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

Encontrou um erro?

Para comunicar um erro de português, de informação ou técnico, preencha o formulário abaixo.