Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

Países classificam Maduro como ameaça à estabilidade do Hemisfério

Países classificam Maduro como ameaça à estabilidade do Hemisfério
COMPARTILHE

Um grupo de nações vai investigar e levar à justiça integrantes do regime Maduro vinculados às guerrilhas.

Os chanceleres dos países membros do Tratado Interamericano de Assistência Recíproca (Tiar) aprovaram uma resolução reconhecendo a “ameaça representada pelo regime ilegítimo de Nicolás Maduro à segurança e estabilidade do Hemisfério”.

Em nota divulgada na noite desta segunda-feira (23), as nações vão investigar e levar à justiça membros da ditadura da Venezuela vinculados à guerrilha ligada ao tráfico de drogas e ao terrorismo ou quem for responsável por violações de direitos humanos, corrupção e lavagem de dinheiro.

“O objetivo é evitar que a Venezuela continue sendo território livre para atividades ilícitas e criminosas, que constituem graves ameaças à segurança regional, além de castigo sistemático ao povo venezuelano”, diz a nota, segundo o site Correio Braziliense.

O Tiar é um tratado internacional de 1947 que conta com 19 países: Argentina, Bahamas, Brasil, Chile, Colômbia, Costa Rica, Cuba, El Salvador, Estados Unidos, Guatemala, Haiti, Honduras, Panamá, Paraguai, Peru, República Dominicana, Trinidad e Tobago, Uruguai e Venezuela.

PUBLICIDADE

TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Comentários_

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião da RenovaMídia.

Ao comentar você concorda com nossos termos de uso e política de privacidade.

Assinar
Notificar quando
guest
0 Comentários
Feedbacks em linha
Ver todos os comentários