Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

Países vão retirar estrangeiros isolados em Wuhan

Países vão retirar estrangeiros isolados em Wuhan
Imagem: AP Photo/Ahn Young-joon
COMPARTILHE

As mortes por coronavírus subiram para 56. O número de casos de pacientes infectados já supera os 2 mil.

Estados Unidos, França e Japão estão cooperando com a China para trazer os cidadãos de volta a seus países de origem em meio a isolamento de cidade de Wuhan, epicentro do novo surto de coronavírus.

A Embaixada dos EUA na China informou que um voo partirá da cidade de Wuhan com destino a San Francisco, na Califórnia, na terça-feira (28).

O premiê do Japão, Shinzo Abe, afirmou, neste domingo (26), que o país deve organizar um voo para retirar expatriados que vivem em Wuhan.

A fabricante Peugeot informou, neste sábado (25), que vai repatriar funcionários franceses alocados em Wuhan. A retirada dos europeus é uma colaboração de autoridades chinesas e do consulado geral da França na região.

Outros países também estão tomando as devidas precauções.

O rei Abdullah II, da Jordânia, já enviou uma aeronave para evacuar cidadãos de seu país na China.

Horas atrás, o governo da Índia disse estar acompanhando a situação de perto e que mantém contato com indianos residentes na província de Hubei, onde fica Wuhan.

PUBLICIDADE

TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Comentários_

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião da RenovaMídia.

Ao comentar você concorda com nossos termos de uso e política de privacidade.

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE