Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

Palestina pode perder verbas caso continue promovendo ódio nas escolas

COMPARTILHE

Comissão de Controle Orçamentário do Parlamento da União Europeia aprovou uma alteração na lei e interromperá a transferência de financiamento caso a Autoridade Palestina continue “promovendo o ódio” nas escolas.

Há centenas de relatos de como as crianças que vivem nos territórios da Palestina são ensinadas desde a mais tenra idade a odiar Israel e os valores ocidentais.

A nova legislação determina que o programa pedagógico e o material didático financiados com fundos da União Europeia devem “refletir valores partilhados, como a paz, a liberdade, a tolerância e a não discriminação”.

O PEGASE (Mecanismo Palestino-Europeu para a Gestão da Ajuda Socioeconômica) é a principal fonte de financiamento da Autoridade Palestina com verbas provenientes da Europa. Segundo seu relatório mais recente, o órgão recebeu 155 milhões de euros, mas somente 3 milhões foram investidos no “Instrumento para a Estabilidade e a Paz”.

 

Com informações de: [GospelPrime]

PUBLICIDADE

TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Comentários_

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião da RenovaMídia.

Ao comentar você concorda com nossos termos de uso e política de privacidade.

Assinar
Notificar quando
guest
0 Comentários
Feedbacks em linha
Ver todos os comentários

PUBLICIDADE