- PUBLICIDADE -

Papa critica pessoas que viajaram durante as festas de fim de ano

Papa Francisco quer canonizar missionários na Amazônia
- PUBLICIDADE -

Chefe do Vaticano criticou as pessoas que pensam apenas em “desfrutar o próprio prazer”.

Papa Francisco criticou, neste domingo (3), as pessoas que pensaram mais no seu bem-estar, nas suas férias, enquanto outros sofrem com a pandemia de coronavírus

Durante a oração do ângelus na biblioteca do Palácio Apostólico, no Vaticano, o Pontífice questionou as viagens de férias nos países em confinamento: 

“Li nos jornais uma coisa que me entristeceu bastante: num país, já não me lembro qual, para fugir do lockdown e fazer férias, saíram, numa tarde, mais de 40 aviões.” 

Francisco acrescentou: 

“Estas pessoas, que são pessoas boas, não pensaram nos que ficavam em casa, nos problemas econômicos de tantas pessoas que o confinamento deitou por terra, nos doentes? Só em fazer férias, desfrutar o próprio prazer. Isto me deixou muito triste.” 

Ainda de acordo com o papa argentino: 

“Existe a tentação de tomar conta apenas dos seus próprios interesses, continuar a fazer guerra, por exemplo, concentrar-se apenas na questão econômica, viver em busca de apenas satisfazer o próprio prazer.” 

PUBLICIDADE
- PUBLICIDADE -

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -