Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

Papa denuncia ações de ‘grupos extremistas’ na África

Papa denuncia ações de ‘grupos extremistas’ na África
COMPARTILHE

O Sumo Pontífice demonstrou empatia com “todos os que são perseguidos por causa da sua fé religiosa”.

O Papa Francisco denunciou, nesta quarta-feira (25), as ações de “grupos extremistas” no continente africano, especialmente nos países de Burkina Faso, Mali, Níger e Nigéria.

Em sua tradicional mensagem de Natal, o Papa também expressou o seu consolo “a todos os que são perseguidos por causa da sua fé religiosa, especialmente os missionários e os fiéis sequestrados”.

Em relação ao Oriente Médio, o chefe do Vaticano pediu à comunidade internacional para “garantir a segurança”, particularmente na Síria.

Na tradicional mensagem “Urbi et Orbi” na praça de São Pedro, o Papa Francisco recordou “as numerosas crianças atingidas pela guerra e pelos conflitos no Oriente Médio e em diversos países do mundo”, informa o jornal português Público.

PUBLICIDADE

TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Comentários_

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião da RenovaMídia.

Ao comentar você concorda com nossos termos de uso e política de privacidade.

Assinar
Notificar quando
guest
0 Comentários
Feedbacks em linha
Ver todos os comentários