Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

Papa diz que pedofilia enfraqueceu credibilidade da Igreja

Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia
Papa diz que pedofilia enfraqueceu credibilidade da Igreja

Em carta destinada à Conferência Episcopal dos Estados Unidos, o papa Francisco pediu nesta quinta-feira (3) para os bispos mostrarem unidade para enfrentar a crise provocada pelos escândalos de abusos sexuais.

Segundo Francisco, os bispos se concentraram mais em apontar dedos do que na busca por caminhos de reconciliação”.

Um trecho do texto, segundo o “UOL“, afirma:

A credibilidade da Igreja tem sido seriamente enfraquecida e diminuída por esses pecados e crimes, mas ainda mais pelos esforços feitos para negar ou ocultar os mesmos.

O Pontífice ressalta que a comunidade católica dos Estados Unidos foi “abalada” e “o povo fiel de Deus e a missão da Igreja continuam sofrendo muito como resultado de abusos de poder, consciência e abuso sexual e da maneira como foram administrados”.

Ele acrescentou:

Sabemos que pecados e crimes foram cometidos e quais as suas repercussões ao nível eclesial, social e cultural.

Para Jorge Bergoglio, a situação causou “grande perplexidade, preocupação e confusão” entre os fiéis e, por isso, os bispos são responsáveis de encontrar uma “abordagem renovada e resoluta” dentro da Igreja.

O Papa completou:

A ferida na credibilidade exige uma abordagem particular, pois não se resolve por decretos voluntaristas ou simplesmente estabelecendo novas comissões ou melhorando organogramas de trabalho como se fossemos chefes de uma agência de recursos humanos.

Compartilhe

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Compartilhar no reddit
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email

Comentários

A RENOVA Mídia não se responsabiliza pelo conteúdo, opiniões e comentários dos visitantes do site. NÃO publique ofensas, discordar não é ofender. Caso encontre algum material com ofensas, denuncie. Lembre-se que ao comentar em nosso portal você concorda com estes Termos de Uso.

Outras Notícias