Papa diz que impedir entrada de imigrantes não é cristão

Idiomas:

Português   English   Español
Papa Franciso acena para multidão em Santiago, no Chile 17/01/2018 REUTERS/Claudio Santana
TARCISO MORAIS
TARCISO MORAIS
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia.

O papa Francisco aumentou sua defesa aos imigrantes nos meses recentes, conforme a imigração ilegal tem se tornado uma intensa questão política em diversas nações.


O líder do Vaticano disse nesta quinta-feira (18/01) que não é cristão impedir a entrada de imigrantes, pedindo para países receberem pessoas cujas vidas foram enfraquecidas pela pobreza, injustiça e exploração.

Francisco, para quem a defesa dos imigrantes e refugiados tem sido um tema importante em seus quase cinco anos de pontificado, falou em seu último dia no Chile antes de viajar ao Peru para começar a segunda e última parte de sua viagem pela América Latina.

O pontífice disse no sermão de uma missa em uma praia no norte do Chile:

Não há júbilo cristão quando portas estão fechadas; não há júbilo cristão quando outros se sentem indesejados, quando não há espaço para eles em nosso meio.

Siga a RENOVA no TWITTER e acompanhe todas as notícias em tempo real.

 

Com informações de: [Reuters]

Curta e compartilhe...

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on pinterest
Share on linkedin
Share on reddit
Share on vk

Deixe seu comentário...

Veja também...